sábado, 5 de fevereiro de 2011

Simulacro de incêndio na ESGP com balanço "positivo"




Sexta, 04 Fevereiro 2011 10:50




Testar o Plano de Segurança Interno da Escola Secundária Gabriel Pereira (ESGP) foi o principal objectivo do simulacro de incêndio realizado ontem neste estabelecimento de ensino de Évora.



Catorze elementos dos Bombeiros Voluntários de Évora (BVE) responderam ao alerta emitido pela escola, chegando ao local em "dois ou três minutos". O cenário era o de um "incêndio" provocado por um curto-circuito numa sala de aula do maior pavilhão (A3), onde se encontravam dois alunos intoxicados, devido à inalação de fumo. Além do "socorro" às vítimas, foi necessário proceder previamente à evacuação de todo o espaço escolar.



                                       

No final das "operações", o director da ESGP, Ananias Quintano, disse que "o objectivo do simulacro foi preparar-nos para uma situação real", salientando que esta foi a primeira iniciativa do género depois das obras de requalificação realizadas recentemente.


                            

Este responsável considerou que "tudo correu dentro da normalidade", destacando que "os alunos saíram muito ordeiramente e, mais ou menos, dentro do tempo que esperávamos". De realçar que os alunos, embora soubessem da realização deste simulacro, não estavam informados da hora a que ia acontecer.


          
                                            

O adjunto do Comando dos BVE, João Caraça, também fez um "balanço positivo" do exercício, referindo que decorreu "de acordo com as nossas expectativas".

No entanto, frisou que "há sempre aspectos a melhorar", exemplificando com o facto "da saída dos alunos durante a evacuação ter sido feita pelo mesmo local por onde entraram os meios de socorro, o que numa situação a sério não deveria acontecer". João Caraça garantiu ainda que os Bombeiros de Évora estão "preparados" para situações reais desta natureza.

Além dos 14 homens envolvidos no exercício, estiveram no "campo" uma auto-escada, uma ambulância, um carro de combate a fogos urbanos e uma viatura médica de emergência e reanimação. O simulacro foi ainda acompanhado pelos elementos do Serviço Municipal de Protecção Civil.


Publicado em DIÁRIO DO SUL (http://www.diáriodosul.com/)

Sem comentários: